Receitas

Como fazer caldo caseiro

Muitas vezes me pego pensando nos ingredientes que fazem a real diferença na vida, para melhor ou pior, do ponto de vista nutricional (claro) e, também, do sabor. Não são raras as vezes que estamos muito atentos aos itens principais das receitas e esquecemos aqueles que fazem parte de todas preparações. Um bom exemplo são os caldos.

Quase todo mundo acha que só existem as versões em tabletes (argh!). Só que os de verdade são feitos a partir de vegetais, carcaças, carnes e ervas, entre outros itens. Um bom caldo CASEIRO faz toda a diferença no resultado final de um bom prato e ainda na saúde, pois é super nutritivo!

Nossa proposta é reduzir aos poucos até conseguir abandonar de vez os caldos industrializados que, além de darem um gosto super artificial aos pratos, destroem o sabor dos ingredientes orgânicos que você escolheu com tanto amor – e ainda fazem um mal danado pra sua saúde! Por todas as razões e emoções não vejo um só motivo pra continuar enfiando essas gororobas na panela.

Mas e aí, o que usar no lugar? Vamos voltar ao conceito mais maravilhoso da vida: o da simplicidade e usar caldos caseiros, ou mesmo apenas ervas (mesmo que secas) e sal (flor de sal) para sentir o verdadeiro sabor dos alimentos.

E, se é esse o assunto, eu não poderia deixar de usar uma receita da musa dos caldos caseiros, Pat Feldman. Pat entrou na minha vida pela internet mesmo. Comecei a ler o blog dela e pensar: “Gente que pessoa de bom senso alimentar, estudiosa e que compartilha da filosofia de comer comida de verdade”.

Ficou com água na boca? Abaixo vai a receitinha que você pode fazer um tantão, congelar e ir usando no que quiser.

Caldo de legumes caseiro da Pat Feldman

Ingredientes

  • 1 colher (sopa) de azeite de oliva extra virgem
  • 2 alhos-porós (somente as partes branca e verde-claro) lavados e picados
  • 4 cebolas (médias) picadas
  • 6 cenouras (grandes) descascadas e picadas
  • 3 talos de salsão picados
  • 1 maço (pequeno) de salsinha
  • 2 colheres (chá) de manjerona desidratada
  • 1/2 colher (chá) de tomilho desidratado
  • 1 folhas de louro
  • 6 litros de água filtrada

Modo de preparo

Numa panela grande, aqueça o azeite em fogo médio, adicione os legumes e refogue até começarem a dourar;
 Adicione as ervas e a água fria. Leve à fervura, baixe o fogo e cozinhe por uma hora com a panela parcialmente tampada;
Coe o caldo com uma peneira fina. Deixe esfriar e guarde em potes, que podem ser utilizados imediatamente ou congelados.

Com os legumes que restaram na peneira faça uma sopa para o seu bebê e toda a família:

Bata todos os ingredientes no liqüidificador, diluindo com um pouco de água ou caldo, até atingir a consistência desejada;
Tempere a gosto, aqueça à temperatura desejada e sirva.

A sopa pode ser congelada também, antes de ser temperada.

Previous Post Next Post