Receitas

Chips de jiló

Tenho a sorte (eu acho) de comer de tudo e achar bom (azar?). E quando quero exemplificar sempre digo: AMO JILÓ. E amo mesmo. Tanto que sempre que vou almoçar na casa da minha avó, minha tia faz farofa de jiló “em minha homenagem” (e o chips de jiló é uma homenagem a minha avó).

Talvez seja porque eu tenha aprendido a comer na fazenda, onde morei quase o meu primeiro ano de vida inteiro e sido criada no interior, até os 8 ou 9 anos. Me lembro bem do meu avô dizendo pra gente comer bastante abóbora, pois era bom pra engrossar as pernas. Nesse caso acho que exagerei no consumo… Hehehe. Mas valeu o estímulo: hoje amo e como feliz, eu e minhas pernas grossas.

O fato é que comida que me faz FELIZ DE VERDADE é COMIDA SIMPLES. Um exemplo é famoso prato feito, o PF = arroz, feijão, salada, uma “mistura” (jeito simples, que adoro, do povo chamar o acompanhamento: uma verdura cozida ou refogada, normalmente.) e uma proteína (jeito chato da gente chamar a comida pelo nutriente e não pelo verdadeiro nome dela), que pode ser um OVO frito.

Mas é isso! De quiabo a jurubeba eu encaro tudo e acho “bom demais da conta” – como se diz aqui em Goiás – especialmente os amargos. E olhem que coisa. Como os antigos diziam, a ciência vem comprovando: eles estimulam o fígado a produzir enzimas, entre outras funções. 😉

Fato é que tá na época de jiló, ou pelo menos ele anda dando as caras entre os orgânicos. E eu comprei, claro. Apesar de “amar de paixão”, nunca havia tido a audácia de preparar em casa. Achava que era comidinha só da casa da minha avó. Então fiz do meu jeito e virou chips. Sou a rainha louca dos chips. Porque é simples. Corta fininho, fio de azeite às vezes sim, às vezes não, sal e forno. Claro que a primeira fornada eu queimei. É  que a praticidade do forno me deixa fazer outras coisas, me faz esquecer que algo está rolando lá também… A segunda ficou MARAVILHOSA.

Abaixo a receita mais besta do mundo, sem quantidades mesmo, porque foi no olho e né? O que mais importante aqui é a ideia.

Como fazer chips de jiló

Ingredientes

  • Jiló
  • Azeite
  • Sal

Modo de preparo

Fatie o jiló finamente, coloque em uma forma antiaderente, adicione um fio de azeite, o sal e leve ao forno até ficar sequinho.

Beijo no fígado,

Carol!

Previous Post Next Post