Projeto Verão Pra Vida Toda

Comer bem que mal tem?

Eu não sei exatamente quando isso aconteceu, mas comer se tornou uma coisa muito complicada. A gente vem diariamente incluindo e abolindo coisas da nossa alimentação… O frango tem hormônio e antibiótico, aí você começa a comer “carne” de soja sabor frango no lugar do frango, só que aí a soja é transgênica. Então corta a soja!

Aí a gente resolve cortar o açúcar branco da alimentação e usa adoçante no lugar do açúcar. Só que o adoçante é cheio de aditivos e coisas que fazem mal. Corta o adoçante também. Aí a gente quer emagrecer e resolve em vez de comer, beber só um shake no lugar da comida. Aí a gente não emagrece, gasta uma fortuna e fica fraca.

Aí um dia pode isso, no outro dia já não pode. Depois já pode de novo, e pode muito, pode todo dia porque emagrece! Aí depois ainda pode, mas só um pouquinho, com muita moderação!

Com tanta informação e updates infinitos de pode e não pode, parece que está cada vez mais difícil saber o que comer para ter uma alimentação saudável… Para não se tornar escravo da comida, da dieta, do pode e não pode.

Gente, vamos simplificar? Vamos seguir nosso feeling? Vamos esquecer contagem de calorias e começar a pensar em nutrientes? Vamos deixar de fazer da comida um transtorno? Vamos evitar alimentos processados? Vamos reduzir as embalagens do mundo comendo comida saída da terra, orgânica, fresca, natural? Vamos fazer uma horta no quintal ou na varanda do apartamento? Vamos comer menos produtos de origem animal? E quando a gente for comer, vamos escolher os orgânicos? Vamos fazer a nossa própria comida? Vamos usar a nossa colher de pau e dominar a nossa cozinha? Vamos descobrir novos sabores?

Vamos? Então vamos! Um dó lá si e já!

Beijos,

Carol

Previous Post Next Post