Receitas

Como fazer cuscuz: receita fácil

O cuscuz, ou couscous, para quem quer ser chique e escrever de acordo com a grafia francesa, é um prato de origem árabe, mas que faz parte do cardápio de pessoas em todo o mundo. Ah pois é, a globalização também afeta a nossa alimentação! Para o bem e para o mal… Quer saber como fazer cuscuz? Vem comigo que te explico!

No Brasil, o cuscuz é muito comum no nordeste e sudeste, e nós, como é costume, reinventamos o prato e fazemos receitas de cuscuz bem diferentes. Por exemplo, por aqui usamos mais o flocos de milho do que a sêmola de trigo, que é usada no famoso couscous marroquino!

Ah, vamos aproveitar e esclarecer uma coisa: há uma diferença entre  farinha ou fubá, flocos de milho (a famosa Milharina usada para fazer cuscuz), e o amido de milho (a velha Maizena)! A diferença está na moagem. Os grãos em sêmola têm sempre um tipo de moagem menos refinada. O amido de milho, por exemplo, já é um processo extremamente refinado, e a gente já disse aqui que quanto mais refinado, menos nutrientes sobram!

No Brasil, o preparo e os ingredientes usados para incrementar o cuscuz são diferentes dependendo da região. No nordeste, é super comum comer cuscuz no café da manhã com manteiga ou como se fosse um bolo com leite de coco. Já, mais para o sudeste e sul, o cuscuz é servido com peixe, camarões, legumes e verduras.

E atenção: quando for comprar flocos de milho, procure uma marca que use milho orgânico. Infelizmente, hoje em dia boa parte dos produtos derivados de milho usam milho transgênico… Fica de olho, se tiver um “T” na embalagem, cai fora! E agora vamos lá aprender como fazer cuscuz?




Como fazer cuscuz

Essa receita de cuscuz é para preparar a base, a maneira de servir pode variar! Caso você não tenha cuscuzeira, que é a panela própria para fazer cuscuz, você pode tipo banho Maria, cozinhando no vapor, com uma panela maior com água fervente e outra menor com o cuscuz, mas tem que tampar.

Ingredientes:
3 porções de flocos de milho para 1 de água.
1 pitada de de sal.

Modo de preparo:
Umedeça o flocos de milho com a água em temperatura ambiente e deixe reservado por cerca de cinco minutos. Coloque água na cuscuzeira até chegar a marca indicada na panela. Depois coloque o separador da cuscuzeira, e coloque o fubá. Aí é só deixar cozinhar por 10 minutinhos e voilá!

Beijos,
Carol

Veja também:

Previous Post Next Post

13 Comentários

  • Reply Luciana Lima at

    Minha paixão desde criança, mas infelizmente o nosso maravilhoso e delicioso cuscuz hoje apenas é encontrado com milho transgênico, que para mim não tem muita credibilidade. Li alguns artigos que me assustou bastante. O que você acha?

  • Reply Nina at

    Carol, minha nutri recomendou o uso de açúcar de coco, alegando ter baixo índice glicemico. Acontece que não confiei muito, que eu saiba há apenas um estudo sobre esse benefício do açúcar de coco. Como eu sei que você eh fã do oleo e farinha de coco. O que acha sobre o açúcar do mesmo?

  • Reply ROsani at

    Adorooooo!!!

  • Reply Hercli at

    Amooo
    Faço o de arroz também minha mãe sempre manda o flocão lá do Maranhão , pois ela mora lá e como tanto no café da manhã como em jantinhas…delícia.

    • Reply Carol Morais at

      Delícia, não é?! Bjs

      • Reply Luciana at

        Minha paixão desde criança, mas infelizmente o nosso maravilhoso e delicioso cuscuz hoje apenas é encontrado com milho transgênico, que para mim não tem muita credibilidade. Li alguns artigos que me assustou bastante. O que você acha?

      • Reply Luciana at

        Você conhece alguma marca de fubá que não seja feita de milho transgenico?

  • Reply Christianne Aguilar at

    Amiga, sou diabetica. Posso comer tanquilamente ? ou com restricoes ?

  • Reply Iva Passos at

    há mais de 50 anos em minha casa (como na casa da maioria dos baianos) não falta umm cuscuz de milho. Na minha infãncia o milho era pisado no quintal da casa… bons tempos!

  • Reply Denise at

    Como eu tenho a panela para banho maria então acho q nem preciso comprar a cuzcuzeira, certo ? Estava em duvida e procurando na net encontrei a resposta aqui ! Esse nordestino fica parecido com o marroquino ? Queria fazer e comer do mesmo modo, será q da certo ? Obrigada !!

  • Reply Monique Duchêne at

    Uma pergunta: sobrando semola para cuscus pronta, pode ser guardada (em tijela fechada na geladeira, claro) por uns dias? quantos?
    Obrigada pela resposta.

  • Reply Sileide de Andrade Santos at

    Como sou alergica a milho e seus derivados, minha paixão é pelo couscouz marroquino .
    consumo diariamente no almoço. Sou corredora de rua e faz muito bem para quem come muito como eu.
    Gostaria de obter mais informações sobre a semola de trigo e se possivel diferentes receitas de couscouz de semola de trigo. Também gostaria de obter informações sobre a compra, porque aqui em Salvador não é fácil encontrar e é muito caro uma caixa de 500 gr.

    Obrigada!
    Sileide

  • Reply antonio de paula at

    vc é muito cinpatca beijo

  • Deixe um comentário