fbpx
Dicas, Projeto Verão Pra Vida Toda

Light ou diet? Nenhum, a resposta é comida de verdade!

 

A primeira coisa que muita gente faz quando começa uma dieta para emagrecer é trocar açúcar por adoçante, e comprar produtos alimentícios diet ou light. Esse tipo de troca é muito comum principalmente em dietas de restrição severa, daquelas que as pessoas encaram a alimentação como um grande sacrifício para emagrecer 20 quilos em duas semanas.

Eu tenho dito que sou cada vez mais a favor da “não dieta” e de nutrir o corpo com o que ele realmente precisa. Ou seja, em vez de dieta que tal mudar o estilo de vida, o estilo de alimentação? Que tal em vez de comer “comida” diet e light, comer comida de verdade? E quando falo de comida de verdade, refiro-me à comida menos processada possível, à comida verdadeira, integral, simples, orgânica.

Mas encarar essa mudança no estilo de vida é algo que deve vir de dentro, deve ser uma vontade de mudança para durar para sempre. Em vez de fazer projeto verão todo ano, é encarar o #projetoverãopravidatoda. Você pode ter alguma dificuldade no começo, mas quando você começar a sentir o seu corpo reagir, você vai desfrutar com enorme prazer esse caminho. É preciso entender que comer não pode ser um sofrimento. As relações entre comida e culpa, ou comida e frustração não combinam! A alimentação deve trazer paz para o corpo e para a alma.

Você pode tomar as rédeas da sua alimentação fazendo escolhas saudáveis, e deixando de ser vítima ou refém da comida. Se você escuta o seu corpo, sabe do que ele precisa e sabe como oferecer isso a ele, você saberá escolher o que comer e terá controle sobre a sua alimentação. Não precisa ser nada radical, rígido, sofrido! A coisa é mais simples do que parece: faça trocas saudáveis e permanentes na sua alimentação.

Esqueça a comida diet e light, explore o maravilhoso mundo dos vegetais (orgânicos, sempre que possível). Explore toda a diversidade de sabores que existe no mundo… e coma o que tiver vontade de comer de modo consciente e sem culpa!

Não tenha medo, esse é um delicioso caminho sem volta! A partir do momento em que você começar a ouvir o seu corpo e a entendê-lo, e a dar mais diversidade ao seu paladar, você naturalmente vai deixar de lado todos os hábitos que não fazem assim tão bem a você. Precisamos reeducar nossa mente, mas também o nosso paladar que se acostumou com os sabores fortes e artificiais, superestimulantes dos industrializados e voltar a perceber os sabores dos alimentos reais.

E mentalize: comer não deve ser um problema, não deve ser uma tortura, e nem deve ser a única fonte de prazer e satisfação da vida de uma pessoa. Cada vez mais acredito e baseio a minha conduta no seguinte e simples conselho: COMA COMIDA!

ligh-diet

Previous Post Next Post