Dicas

6 dicas para reduzir a presença do plástico na sua vida

Se você começar a reparar, há plástico está em todo lugar da sua casa, e às vezes onde você menos imagina. Pode ter plástico nas suas toalhas, lençóis, roupa íntima, roupas em geral, acessórios, na cortina do banheiro… Ufa! Infelizmente, o plástico é onipresente em nossas vidas hoje em dia! Até com “pessoas” de plástico a gente tem que conviver às vezes. Mas na maioria das casas, é na cozinha onde há mais plástico, e é justamente neste ambiente da casa em que o plástico é mais prejudicial à saúde. Solução? Vamos eliminar o plástico da cozinha (o ideal seria eliminá-lo da vida, but…).

Apesar de muitos dos efeitos negativos do plástico para a saúde ainda não terem sido documentados pela ciência, já se sabe que o plástico contém elementos químicos que podem contaminar os alimentos e interferir nos níveis hormonais do corpo, além de outros efeitos adversos que pode causar para a saúde, como problemas cardiovasculares, obesidade, câncer e infertilidade. MEDO!

Os perigos do plástico

Você já ouviu falar em bisfenol A? O bisfenol é um aditivo químico muito usado no plástico do qual são feitas garrafas d’água, mamadeiras, entre tantos outros recipientes e embalagens de alimentos (Tá vendo gente! Por isso que falo tanto que embalagem de alimento é casca!). O uso do bisfenol A vem sendo investigado por atuar como um disrutor endócrino, sendo associado a uma série de desordens reprodutivas, problemas do coração, asma, câncer de mama e até problemas de memória.

Mas o bisfenol não é o único componente químico do plástico. Por isso mesmo que você recipientes plásticos “livres de bifenol, ou free BPA”, você não está seguro. Por isso, o melhor é abolir o plástico ao menos da sua cozinha e da sua comida!

Como diminuir a presença do plástico na sua vida

1. Fast Food, Junk Food

Como se a própria comida não fosse praticamente plástico, você já reparou na quantidade de lixo e plástico que um Mc Lanche (feliz só que não!) gera? Da próxima vez conta: copo de plástico, canudinho, saquinho que vem com brinde, brinde de plástico, mais plástico da mostarda, do ketchup e maionese… mais caixinha do hamburguer, mais isso e aquilo! Ahhhhhh… Só de falar imagino um monstro enorme feito de de plástico e cara de pão correndo atrás de mim! Ou seja: fast food, tô fora!

2. Use recipientes de vidro na cozinha

Chegou a hora de aposentar a famosa tuppeware de plástico e apostar em recipientes de vidro para guardar os alimentos na geladeira! Os recipientes e utensílios de plástico frequentemente contêm poliestireno e pode contaminar os alimentos com estireno, elemento que pode causar câncer. Evite, inclusive pratinhos e colheres de plástico para as crionças! Use pratinhos de porcelana e a boa e velha colherzinha de inox ou prata (aquela que era da sua mãe e que antes foi da sua avó, sabe?! 😉

3. Leve uma caneca para o trabalho

Nada de ficar usando mil copinhos de plástico por dia para o café, chá e água no trabalho. Capriche na criatividade e leve a sua caneca ou copo para água de vidro para o trabalho, e até uma xícara menor para café e chá! Além de ser ecologicamente mais correto, não oferece risco à sua saúde e ainda é charmoso!

4. Embalagem é casca

Infelizmente, ainda não há muita coisa que podemos fazer em relação à embalagem de alimentos comprados no supermercado, como arroz, feijão, etc. Mas se você começar a frequentar mais as feiras, pode comprar grãos, cereais, sementes, oleaginosas… tudo a granel e levar seus saquinhos de papel (rimou!). Economia e saúde, tudo no mesmo saco! E, claro, dar preferência por alimentos orgânicos e integrais.

5. Use ecobag

Todo mundo já sabe dos prejuízos ambientais que as sacolinhas de plástico causam ao meio ambiente. Que tal adotar as ecobag?! Hoje em dia há uma diversidade delas, de todo estilo e material (menos plástico, né?!). Ecologicamente correto e também super style!

6. Garrafa d’água

Nada como a boa e velha água do filtro de barro! Sabia que é um dos mais eficientes para tratar a água potável que existe? Pois é! Então arranja uma garrafinha bem bonitinha de aço inoxidável e leva pra todo lado com você. Atenção, porque as garrafas de alumínio também podem conter bisfenol!

Beijos,
Carol

menosplastico

Previous Post Next Post