Dicas

Para que serve e como usar a chia

A Chia, ou Sálvia Hispânica, é uma planta originária da região andina do México e da Guatemala, com sementes ovais e pequenas de coloração variada (preta, marrom escura, branca ou cinza). Reza a lenda que os guerreiros Maias consumiam apenas um punhado de semente de chia e guerreavam por dois dias – por essa razão o nome chia, que significa força. Eles valorizavam tanto essas sementes que a utilizavam também como moeda.

Benefícios da semente de chia

A chia é boa fonte de ômega 3, antioxidantes, fibras, aminoácidos e proteína. A semente de chia tem uma excelente atuação no estômago. Parecida com as mucilagens, a chia promove uma conversão mais lenta de carboidratos em açúcar. Assim ela pode ser utilizada no auxílio do controle da glicemia sanguínea. Um estudo canadense evidenciou um auxílio na manutenção de um bom controle glicêmico e lipídico em pacientes portadores de diabetes tipo 2.

A chia possui ainda boa concentração de minerais e vitaminas. Diante de todas essas vantagens, esse alimento pode ser visto como mais um coadjuvante na busca pela saúde e não como redentor e único responsável por um bom estado de saúde. Afinal, saúde é um estado dependente de vários fatores. No dia a dia, uso nos meus sucos verdes, em alternativa à linhaça também.

Como usar a chia

A chia deve ser hidratada de um dia para o outro, em água filtrada. Recomendo a quantidade de 1 colher (sopa) da semente para 1/2 xícara (chá) de água filtrada, todos os dias.

A chia não deve ser nem triturada e nem mastigada. Ela deve ser hidratada. Isso faz com que os nutrientes possam ser melhor aproveitados pelo nosso corpo. Entenda melhor porque hidratar a chia e outras sementes.

Depois de hidratada, de um dia para o outro, surge uma gosma branca que é pura saúde! É isso que deve ser consumido. O poder da chia está neste estado 😉

chia-hidratada

Beijos,
Carol!

Previous Post Next Post