Projeto Verão Pra Vida Toda

Perder peso e ganhar leveza

O que é, afinal, perder peso? Por que relacionamos sempre perder peso com emagrecimento? E se começássemos a associar perder peso com leveza, de corpo e alma. Nós sabemos bem quão importante é a relação entre emoção e alimentação. Quando nós sentimos “fome” não sabemos de quê, é porque o nosso vazio não é bem no estômago… Essa inquietação ou angústia que muitas vezes sentimos e que “aliviamos” com a comida, não é fome.

No nosso estado animal mais puro, conectados corpo e mente com a nossa natureza, deveríamos saber exatamente quando temos fome e deveríamos responder às necessidade do nosso corpo, dando-lhe os nutrientes que ele pede. No entanto, qualquer coisa aconteceu no meio do caminho que desaprendemos a compreender o nosso corpo. Ele fala, nós escutamos, mas frequentemente não nos entendemos. Já não sabemos mais se o que sentimos é mesmo fome ou vazio. Comemos e logo voltamos a nos sentir ocos, mesmo ainda sentindo o estômago pesado. O stress e a ansiedade tanto podem nos fazer comer compulsivamente, como podem nos fazer deixar de comer. São muitas as coisas que podem interferir na nossa fome, e não falo apenas da fome física, como também da fome de viver, de realizar.

Comemos (ou deixamos de comer), muitas vezes para encontrar algum tipo de satisfação que não conseguimos encontrar dentro de nós. Neste entremeio, a comida acaba se tornando um ponto de conflito. Ela se torna mocinha e vilã das nossas vidas. No livro “Você tem fome de quê?”, do Deepak Chopra, ele fala que há duas formas de perder peso: encarando um regime ou buscando um reequilíbrio com os sinais do corpo. Eu, assim como o Chopra, aposto no reequilíbrio. E o primeiro sinal que precisamos reaprender a decodificar em busca do reequilíbrio, é a fome. Quando temos corpo e mente reconectados, como diz Chopra, a fome é uma aliada e não uma inimiga.

Precisamos essencialmente buscar a satisfação com o que somos, com o lugar onde estamos na vida, e com a mensagem que passamos para o mundo. Sim, perder peso pode estar muito mais relacionado com satisfação do que com emagrecimento, porque comer ou não comer não resolve todas as nossas fomes. Precisamos nutrir a nossa existência. Como diz Chopra, precisamos nutrir:

  • O corpo com alimentos saudáveis
  • O coração com alegria, compaixão e amor
  • A mente com conhecimento
  • O espírito com serenidade e consciência pessoal

E sim, para perder peso é preciso preencher os nossos vazios. De que adianta perder 10 ou 15 quilos e continuar com o peso de um piano desafinado nas costas? Para perder peso, precisamos estar preenchidos! E não é através da comida ou de dietas que conseguimos isso.

Vamos perder peso nutrindo as nossas vidas?

Com amor,

Carol

Previous Post Next Post